ACM Neto é homenageado em Brasília e diz que Salvador será “vitrine”

    88

    Na primeira viagem à Brasília depois de eleito prefeito de Salvador, o deputado ACM Neto (DEM) foi homenageado no Congresso Nacional por parlamentares e servidores pela vitória nas urnas. Neto foi recebido de forma calorosa ao chegar à Câmara Federal, sendo parabenizado por parlamentares de todos os partidos, do governo e da oposição. O democrata ganhou até bolo com seu nome.

    “Sei que vou contar com o apoio de todo o Congresso, de todos os partidos, quando o que estiver em jogo for os interesses de Salvador”, disse o prefeito eleito, que aproveitou para agradecer. “Quero agradecer o apoio que recebi da minha bancada e da minha equipe de trabalho”, afirmou ACM Neto, que é líder do Democratas na Câmara Federal.

    Esta semana, ACM Neto começa a discutir com os colegas de partido a transição no comando do partido. Mas as questões de Salvador também estarão na pauta de Neto em Brasília. Ele deve ter um encontro com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP).

    Vitrine – ACM  Neto afirmou que recebe, juntamente com prefeito eleito de Aracaju, João Alves, a grande responsabilidade de comandar as duas capitais do país nas mãos do Democratas. “Seremos a vitrine do partido para o país. Não temos o direito de errar”, disse, diante do presidente nacional do seu partido, senador Agripino Maia (RN).

    “Eu sei o desafio que vai ser governar a terceira maior cidade do Brasil, uma cidade que está com muitos problemas. Mas, a minha esperança é exatamente com muito trabalho, com dedicação e com uma boa equipe vamos conseguir aos poucos ir devolver o respeito a Salvador”, assegurou ACM Neto.

    Já o presidente do Democratas enalteceu a competência do deputado ACM Neto para vencer as eleições. “O talento do candidato ganhou a eleição. Foi uma vitória contra tudo e contra todos. Mesmo os que não simpatizam com o partido tiveram que reconhecer que soubemos resistir e crescer”, enfatizou.

    Agripino Maia ainda lembrou que o partido saiu dessas eleições com um número 40% superior ao de eleitores que serão governados por dirigentes do Democratas em relação a 2008. Nas eleições anteriores, o partido comandou cidades que totalizavam 4,8 milhões de eleitores e este ano sai do pleito a frente de municípios com 6,9 milhões de pessoas aptas a votar. “Vamos agora proteger nossos prefeitos que serão uma vitrine do que o partido é capaz”, finalizou Maia.

    ASCOM/ACM Neto

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR