Apagão afetou os 417 municípios da Bahia, todo o Nordeste, parte do Pará

    77

    O apagão que afetou os 417 municípios da Bahia, todos os estados do Nordeste, parte do Pará, Tocantins e o Distrito Federal no final da noite de quinta (25) e madrugada desta sexta (26), pode ter sido causado por um incêndio em um equipamento entre duas subestaçãoes de energia. A informação foi divulgada pelo Operador Nacional do Sistema (ONS), responsável por administrar o Sistema Interligado Nacional.

    “Houve um incêndio na chave de um equipamento, que é um capacitor-série do circuito 2 da linha de transmissão entre as subestações de Colinas e Imperatriz, na interligação que liga os sistemas Norte/Nordeste ao sistema Sul/Sudeste”, disse o diretor-geral do ONS, Hermes Chipp, em entrevista nesta sexta (26) ao “Bom Dia Brasil”. Segundo o órgão, a falta de energia na região teve início à 0h14.

    Este é o segundo apagão nos últimos 35 dias na Região Nordeste. Em 22 de setembro, segundo o ONS, um problema nas interligações Sudeste/Norte e Sudeste/Nordeste, atingiu o fornecimento de energia elétrica em parte da região Nordeste do país.

    ‘A Bahia está sem luz’
    Por volta das 23h30, a informação da Companhia foi de que “todas as cargas da Coelba, de todos os consumidores na Bahia estão desligadas. A Bahia inteira está sem luz”. Já por volta da 1h30 da sexta-feira (26), a Coelba informou que parte do sul da Bahia já teve a energia restabelecida. Os municípios (nomes e quantidade não foram divulgados) estão recebendo fornecimento de luz de duas usinas – Itapebi e Funil.

    Às 2h30, a concessionária informou que a energia começou a ser religada em Salvador e Região Metropolitana – a maior parte da capital já tinha energia às 4h30. A Coelba informou que ainda aguarda o Operador Nacional do Sistema (ONS) autorizar o fornecimento para os demais municípios.

    O  ONS confirmou que houve um problema no sistema às 00h14, no horário de Brasília, mas informou que a energia estava sendo religada gradativamente. Na Bahia, a falta de energia começou por volta das 23h18, horário local, e só começou a ser restabelecida por volta das 4h30. Em cidades como Cansanção, Itiúba e Monte Santo a energia voltou por volta das 10:00 horas da manhã. O ONS confirmou que o blecaute atingiu todos os estados do Nordeste e parte de Tocantins e Pará.

    “As informações preliminares que temos indicam que é grande a extensão do apagão, mas não temos como precisar neste momento quantos estados foram atingidos. Sabemos que o problema atinge pelo menos o Norte e o Nordeste”, declarou ao Uol João Bosco de Almeida, presidente da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf). Ele disse que equipes já está trabalhando para normalizar a situação e que ainda não se sabe o que causou o apagão.

    Redes Sociais
    Pela internet, moradores de outros estados também reclamam do apagão – além dos já citados, há queixas de Amazonas, Amapá, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e parte do Distrito Federal.  Segundo o ONS, a luz voltou ao normal e Tocantins e no Pará por volta das 1h30 (horário de Brasília).  A energia começçou a voltar ao Maranhão e à Região Metropolitana de Recife (PE)  por volta das 2h de sexta.  (Informações do Correio)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR