Após oferta de R$ 6 milhões por virgindade, estudante baiana desiste de leilão

    65

    Uma estudante moradora da cidade baiana de Sapeaçu há 6 anos, tentou leiloar sua virgindade na internet para ajudar a mãe, vítima de um derrame cerebral, mas ganhou a reprovação da família e uma chuva de críticas que a levaram a abandonar a escola e se esconder dentro de casa desde que o vídeo com o anúncio do leilão ganhou o mundo através do site YouTube.

    Rebeca Bernardo Ribeiro, 18 anos, natural da cidade de Linhares (SP), teve a ideia do leilão há cerca de um mês, logo após chegar à maioridade (no dia 16 de outubro). De acordo com Marcos Matheus Souza, amigo e assessor de Rebeca, a jovem “pretendia ajudar a comprar os remédios e dar uma melhor assistência para a mãe”, mas se arrependeu depois que amigos e colegas da escola descobriram o vídeo e passaram a ofendê-la.

    “Hoje, ela não pode colocar o pé para fora de casa que ouve as pessoas falando mal dela”, contou Marcos, que não soube dizer se a estudante se inspirou na catarinense Catarina Migliorini, de 20 anos, que ficou famosa após leiloar sua virgindade por cerca de R$ 1,5 milhão.

    Ainda segundo Marcos Matheus, Rebeca não havia consultado a mãe para fazer o vídeo. “A mãe dela ficou sabendo porque a notícia se espalhou muito rápido pela cidade”, explicou o amigo da jovem, que é estudante do 2º ano do ensino médio em uma escola pública da cidade. Rebeca mora sozinha com a mãe na cidade. O pai dela é divorciado e mora na sua cidade natal.

    [vsw id=”bpO2_wpPlhw” source=”youtube” width=”425″ height=”344″ autoplay=”no”]

    Oferta milionária
    “Eu achava que só ia perder quando casasse, mas só que as circunstâncias pedem que eu negocie a minha virgindade, que pra mim vai ser um negócio. Não tenho fantasias”, dizia a jovem no vídeo, que teve sua versão original retirada do site YouTube logo que ela percebeu que não conseguiria esconder dos familiares e moradores da sua cidade a existência do leilão.

    Mesmo com poucos dias de veiculação do vídeo na internet, Rebeca “recebeu por e-mail uma proposta de R$ 6 milhões de um estrangeiro”, segundo o assessor de Rebeca, que não soube informar a nacionalidade e a identidade do dono do lance. “Em Sapeaçu ela também recebeu outras propostas, mas já havia desistido da ideia e não pensou em aceitar nenhuma delas”, acrescentou. O lance milionário foi feito antes da desistência e ela avaliava a proposta. (Informações do Correio)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR