Brasileiro afirma que agravamento da estiagem preocupa semiárido baiano

    86

    O deputado estadual Carlos Brasileiro (PT) falou ontem (19), no Plenário da Assembleia Legislativa, sobre o agravamento da estiagem no semiárido baiano, especialmente na região do Piemonte Norte do Itapicuru. Segundo ele, o baixo nível das barragens pode gerar um colapso no abastecimento nos próximos meses, atingindo mais de 330 mil baianos. O parlamentar pediu intervenções do governo estadual, além das ações que já vêm sendo desenvolvidas.

    “Se não chover forte até o mês de abril, a situação deve se agravar consideravelmente”, afirmou Brasileiro. Entre as medidas requisitadas, ele pediu a interrupção temporária do fornecimento da Barragem de Ponto Novo para sistemas de irrigação. “Temos consciência da importância do agronegócio, que leva alimento aos lares. Mas, como representante do povo e diante do quadro instalado, tenho que reivindicar pela garantia do fornecimento, primordialmente, ao abastecimento humano e animal”, afirmou o deputado. Algumas barragens, segundo a Embasa, já secaram e outras estão com o nível abaixo de 15%.

    Adutora – Carlos Brasileiro também aproveitou a fala para reforçar o pedido de implantação de uma adutora que leve água do Rio São Francisco para a região do Piemonte Norte do Itapicuru. O Governo da Bahia já sinaliza com a possibilidade de atendimento da demanda, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur). Já a Codevasf indicou a disposição da garantia de repasse de recursos para os estudos iniciais da adutora. “Esta é uma luta de mais de 18 anos”, lembrou Brasileiro. Segundo o deputado, esta seria uma obra mais emergencial, já que também há indicativos para realização, futura, da transposição do São Francisco, em direção ao norte baiano.

    Assessoria de Comunicação Gabinete do Dep. Carlos Brasileiro

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR