Candidato corno foi traído pelo eleitor e teve votação abaixo da esperada

    273

    Presidente da Ascron (Associação dos Cornos de Rondônia), Pedro Soares, sentiu o gosto da traição do eleitor. Mesmo com 7.288 associados ao grupo que lidera, ele teve apenas 453 votos para vereador de Porto Velho, capital do Estado.

    Ficou muito longe da cadeira na Câmara Municipal. O vereador eleito com menor votação na cidade foi Chico Lata (PP), com 1.563 votos. O partido do dirigente corno, o PDT, fez apenas um vereador: Cabo Anjos, com 2.300.

    Soares se lançou na política após enquete na internet apontá-lo na corrida pela prefeitura da capital rondoniense. O personagem folclórico bateu várias figuras da política local na pesquisa com internautas. A realidade das urnas foi diferente: ele não se conseguiu nem a vereador.

    (Por: Rodrigo Bertoloto, do Uol Notícias)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR