Dados dos candidatos começam a ir para as urnas, nesta quinta-feira

    78

    Começam, nesta quinta-feira (27), em Salvador, as cerimônias depreparação das urnas eletrônicas para as Eleições Municipais 2012,última etapa preparatória dos equipamentos para o pleito queacontece em 7 de outubro. As cerimônias, que incluem osprocedimentos de carga das urnas (dentre outros atos, ainseminação dos dados dos candidatos e dos eleitores), além dalacração, auditoria, autoteste e conferência visual dos equipamentos, já se iniciaram também hoje (26) em cidades como Itabuna (27ª Zona), Maracás (37ª Zona) e Santo Antônio de Jesus (56ª zona). O cronograma geral pode ser visualizado no portal doTRE (www.tre-ba.jus.br), no menu “Eleições” Eleições 2012.

    Já foi publicado, no último sábado, o edital para que representantes do Ministério Público, Ordem dos Advogados (OAB) e partidospolíticos possam acompanhar as cerimônias na Capital, onde os atospreparatórios se iniciarão a partir das 8h e estarão todosconcentrados no Centro de Apoio Técnico do Tribunal RegionalEleitoral (TRE-BA), em Porto Seco de Pirajá. Os atos poderão tertambém cobertura da imprensa. No interior, os procedimentosacontecerão nas sedes dos polos ou nos próprios Cartórios Eleitorais.

    A carga das urnas

    A carga das urnas é exatamente o momento em que os sistemas,além das informações de candidatos e eleitores, que já forampreviamente armazenadas nas mídias (os cartões de memória), sãotransferidos para as urnas eletrônicas. Depois deste procedimento, éfeita a lacração dos equipamentos. “Após a inseminação das urnas, as mesmas serão lacradas para garantir a inviolabilidade dos dadosali inseridos”, explica o servidor Lívio Ara, chefe da Seção deLogística e Voto Informatizado, que estará acompanhando osprocedimentos na Capital.

    Candidatos sub judice

    Assim como os candidatos que já tiveram seus registrosdefinitivamente confirmados pela Justiça Eleitoral, todos aqueles queestão com recursos pendentes de julgamento no TRE ou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os chamados “sub judice”, terão seusnomes aparentes nas urnas. Os votos direcionados aos candidatosindeferidos com recurso serão considerados nulos até que saiadecisão final, que poderá mudar ou não a sua situação. Os votosapurados terão destinações diferentes para cada situação docandidato, podendo, caso necessário, serem feitas novastotalizações por meio do sistema de gerenciamento do TRE, mesmo após a lacração das urnas.

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR