Deputado contesta aumento dos gastos em Segurança Pública na Bahia

    79

    O Governo do Estado não aumentou em 30% os gastos com Segurança Pública, entre 2010 e 2011, como tem repetidamente informado à imprensa o secretário Maurício Barbosa. De acordo com dados publicados no relatório final do Tribunal de Contas do Estado, o acréscimo foi de apenas 12%. Em 2010, foram gastos R$ 2.274.633.590,09. No ano seguinte, foram acrescidos R$ 280 milhões. Para que o aumento fosse de 30%, teria que haver incremento de cerca de R$ 682 milhões, o que não ocorreu. “Em 2011, o Governo do Estado manteve a média de gastos em Segurança Pública dos últimos anos, o que demonstra a falta de prioridade e justifica o fato de a Bahia ser campeã em assassinatos”, declarou,ontem,o líder da Oposição Paulo Azi, da tribuna da Assembleia Legislativa. “É mais uma tentativa de justificar o injustificável: a falência do aparelho estatal de Segurança Pública”, disparou. Para ele, a situação requer que o Governo do Estado solicite a Força Nacional de Segurança à Bahia. No ano passado, foram registrados 4.380 assassinatos aqui, superando os 4.194 registros do Estado de São Paulo.

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR