Enem 2012 começa hoje com quase 5,8 milhões de inscritos; Prova começa ao meio-dia

    67

    Com 5.791.290 inscritos, começam hoje as provas da edição 2012 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O exame acontece a partir das 13h, de acordo com o horário oficial de Brasília, e os portões dos locais de prova fecham ao meio-dia. Os estudantes em Estados com fuso horário diferente ou fora do horário de verão devem ficar atentos para não perderem a prova.

    Em Cansanção, a prova começa às12h, pois a cidade não está no horário de verão. Os estudantes são convidados a chegar no local da prova com uma hora de antecedência.

    Neste sábado (3), os candidatos vão responder a questões de ciências humanas e ciências da natureza. Amanhã (4), serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e matemática, além da redação, que representa 50% da nota total.
    A previsão é de que os gabaritos do exame sejam divulgados na próxima quarta-feira (7) e os resultados gerais saiam no dia 28 de dezembro.

    VESTIBULAR NACIONAL

    Em sua 15ª edição, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) se tornou a principal porta de acesso às universidades federais do país.

    Segundo levantamento feito pela Folha, das 165.854 vagas que devem ser oferecidas pelas federais no fim do ano, 150.774 poderão ser disputadas com auxílio do Enem, o que corresponde a 90,9% do total.

    Os números ainda podem sofrer alterações porque algumas universidades ainda não publicaram o edital de seleção –nesses casos, a Folha tomou como referência as vagas ofertadas na edição do vestibular do final de 2011.
    Pelo levantamento, 34 das 59 instituições federais usarão exclusivamente a nota da prova no processo de seleção para ingresso no início de 2013.

    Outras 23 universidades utilizam o desempenho do candidato no Enem de três formas na seleção: para substituir o vestibular de parte dos cursos ofertados, para substituir a primeira etapa de seleção ou como bônus na composição da nota final.

    Apenas duas instituições usam o Enem somente para as vagas remanescentes no processo seletivo.
    A participação no exame também é pré-requisito para quem quer participar de programas de financiamento e de acesso ao ensino superior, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

    No caso das faculdades particulares, a nota no Enem é um dos critérios para obtenção de bolsas de estudo parciais ou integrais por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni).

    Diante do peso do Enem para o acesso ao ensino superior, o número de inscritos na prova tem sido crescente. Entre 1998, data da primeira edição, e 2012, o número de candidatos aumentou quase 37 vezes –saltou de 157,2 mil para 5,79 milhões. As informações são da Folha.

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR