Juazeiro: Justiça deixa Joseph de fora, mas ele recorre

    50

    Em Juazeiro, apesar da Justiça Eleitoral ter determinado o fechamento do Sistema de Candidaturas (Cand) às eleições majoritárias do PT, sem a inclusão de Joseph Bandeira (PT), deixando-o de fora da disputa pela prefeitura, o cenário ainda é incerto e novas decisões podem surpreender e movimentar a briga municipal, de acordo com informações publicadas pela Tribuna da Bahia, nesta terça-feira (25).

    Está marcado para esta terça-feira (25) o julgamento do processo do prefeiturável, que recorreu da determinação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o juiz eleitoral da 48ª zona eleitoral e substituto da 47ª, na cidade, Valécius Passos Bezerra, caso o resultado seja favorável, há possibilidade da votação ocorrer por meio das antigas cédulas, pois o procedimento de inserção dos dados dos candidatos nas urnas eletrônicas já estará concluído, sem poder ser novamente refeito.

    Em entrevista a TV São Francisco, o juiz explicou que as urnas eletrônicas receberam a mídia com a foto e nome dos candidatos do pleito deste ano em Juazeiro e os nomes de Joseph e ainda de Josimeire Pinheiro, cuja coligação “Juazeiro de Fé” foi desfeita e os pedidos de registro cancelados, não foram colocados na urna eletrônica.
    Mesmo impedido pelo PT de usar a imagem do ex-presidente Lula e a estrela-símbolo do partido, que o acionou judicialmente, Joseph continua em clima de campanha no município. Segundo ele, ainda existem três instâncias para buscar uma solução. “Temos ainda o TRE que deve julgar nosso recurso nesta terça-feira, posteriormente o TSE e por último o Supremo”, disse. Ele acredita que a situação vai se resolver e que “ultrapassará dos 50 mil votos”. (Bocão News)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR