Ministro promete agir contra demissões em fábrica da Azaleia na Bahia

    70

    Reunido nesta quarta em Brasília com o governador Jaques Wagner, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se comprometeu a estudar alternativas para evitar as demissões da Vulcabras Azaleia, empresa de calçados que anunciou o fechamento de 12 unidades no interior baiano, na sexta-feira. Cerca de 4 mil trabalhadores serão demitidos. Segundo a Comunicação do governo do estado, Wagner também chegou a se encontrar rapidamente com a presidente Dilma Rousseff durante uma cerimônia na capital federal, mas não conversaram detalhadamente. Hoje, a indústria calçadista baiana estará na pauta de um novo encontro entre ambos, também em Brasília. Na ocasião, Wagner pedirá que Dilma amplie as medidas antidumping contra os produtos de países asiáticos, que têm prejudicado a indústria local ao driblar a legislação existente. As demissões ocorreram em municípios como Caatiba, Itambé, Macarani, Firmino Alves e Itororó. Juntos, os 4 mil postos fechados representam 12% dos empregos gerados pela indústria calçadista na Bahia. (Informações do Correio/Foto: Agência Brasil)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR