Monte Santo: Pais adotivos dizem sofrer ameaças após denúncia

    72

    Pais adotivos de três das cinco crianças retiradas de uma família em Monte Santo, interior do estado, afirmaram ter recebido ameaças após a denúncia de suposto tráfico de pessoas tornar-se pública. O relato foi feito nesta quarta-feira (28), quando as três famílias do interior de São Paulo envolvidas no caso concederam entrevista sem se identificar. A Justiça havia determinado a volta dos irmãos para os pais biológicos na terça-feira (27). A advogada que representa as famílias paulistas, Lenora Panzetti, montou um relatório com as ameaças, originadas de redes sociais e comentários em matérias publicadas na internet. Segundo a defensora, o caso é apurado e alguns suspeitos já foram identificados. “As pessoas me param no trabalho e perguntam quanto eu paguei na minha filha”, relatou uma das mães adotivas. A defesa das três famílias convocou uma coletiva de imprensa, na Câmara Municipal da cidade de Indaiatuba, quando todos falaram juntos pela primeira vez. Os pais ficaram em uma sala vedada durante a coletiva para evitar o contato visual com as equipes de reportagem. Segundo Lenora, as crianças permanecem em Indaiatuba até que seja publicada a decisão judicial que determinou a volta das crianças para a Bahia. (Bahia Notícias)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR