Morre a atriz baiana Regina Dourado, aos 59 anos

    185

    Morreu no início da tarde deste sábado, 27, a atriz Regina Dourado. Ela perdeu a batalha contra um câncer. A informação foi confirmada ao EGO por Oscar Dourado, irmão dela: “Ela faleceu agora há pouco”, limitou-se a dizer por telefone.

    Ela estava internada desde o dia 20 de outubro no hospital Português da Bahia, em Salvador. Durante a tarde, a assessoria do hospital divulgou uma nota esclarecendo a causa da morte: “Os familiares de Regina Dourado informam o seu falecimento às 11h20, deste sábado, 27 de outubro, no Hospital Português da Bahia, em decorrência da evolução de um tumor maligno de mama.”

    Em 2003, Regina foi diagnosticada com o doença na mama direita. Cerca de sete anos depois, o seio esquerdo também foi comprometido. O câncer evoluiu e a atriz teve sua medula óssea e outros órgãos atingidos, o que foi decisivo para a suspensão das sessões de quimioterapia, já que seu estado de saúde passou a ser considerado terminal.

    Assim que souberam da notícia, famosos lamentaram a perda nas redes sociais. A novelista Glória Perez – autora da novela “Salve Jorge” – foi a primeira a se manifestar no Twitter: “Perdemos a Regina Dourado. Sábado triste”. Nívea Stelmann lamentou a morte de Regina no microblog: “Que notícia!!! Triste mesmo”. A atriz Antonia Fontenelle também escreveu na rede social: “Que Deus a tenha, amava a Regina”.

    “Ela está com o coração batendo, só que apresenta um quadro de insuficiência respiratória que deve vir a ser a causa mortis dela. Está praticamente sem sangue. Estamos aqui ao ladodela garantindo o carinho e o conforto, mas a situação é muito delicada”, comentou o irmão dela, Oscar Dourado, ao EGO, dias antes de sua morte. Regina deixa apenas um filho, Leonardo Dourado, de 28 anos.

    Adeus

    O velório será aberto ao público, segundo os familiares de Regina, e acontecerá neste sábado, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. O corpo da atriz será cremado no mesmo local neste domingo, 28, às 16h30. A cerimônia será privada.

    Atriz começou na carreira com 15 anos
    Regina começou a carreira artística com 15 anos na Companhia Baiana da Comédia, em sua cidade natal, Salvador. Como o espaço na área era pequeno na Bahia, a atriz seguiu para o Rio de Janeiro dez anos depois. Já em solo carioca, ela fez sua estreia na TV Globo na minissérie “A Morte e a Morte de Quincas Berro D`água” (1978). Na teledramaturgia, participou da novela “Pai Herói” (1978). Depois disso, integrou o elenco da minissérie “O Pagador de Promessas” (1988), de Dias Gomes, além das tramas “Roque Santeiro “(1985), “Felicidade” (1991), “Renascer” (1993) e “Explode Coração” (1995). Na Globo, Regina encerrou os trabalhos em “América” (2005), quando interpretou Graça, a mulher do fofoqueiro Gomes (Walter Breda).

    Sua carreira no cinema é marcada por atuações nos filmes “Corisco & Dadá” (1996), de
    Rosemberg Cariry, “No Coração dos Deuses” (1999), de Geraldo Moraes, “Espelho d’Água – Uma Viagem no Rio São Francisco” (2004), de Marcus Vinícius Cesar.

    Seu último trabalho na TV foi em 2008 na novela “Mutantes – Caminhos do Coração”, da
    Record, quando interpretou Altina. Na mesma emissora, ela esteve no elenco da novela “Bicho do Mato” (2007).

    (As Informações são do site EGO)

     

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR