Negros e nordestinos da classe C tem crescimento de 123% na renda

    60

    Segundo informações do estudo ‘Vozes do Brasil’ e do Data Popular, nordestinos e negros da classe C tiveram aumento de renda superior a classe média nos últimos dez anos. O aumento foi de 123% entre os anos de 2002 e 2012 para os negros e nordestinos, enquanto o crescimento da classe média foi de 57%, que se dá por conta do aumento do salário mínimo nos últimos anos e pelo acesso a empregos melhores.

    O principal fator para o resultado foi maior participação das mulheres nas decisões e contribuições familiares, um aumento de 76% na classe C. O estudo apontou que 78% dos homens dizem que o aumento da participação das mulheres se daria para evitar conflito e afirmam que, para não brigar, mudam de opinião. Já 77%, dizem que as mulheres guardam dinheiro sem eles saberem e 63% afirmaram que a esposas sabem exatamente quanto ganham.

    Na pesquisa, 85% dos homens da classe C disseram que a esposa é responsável pelas decisões em relação à compras no supermercado, 72% definem a roupa deles e 78% afirmaram que a viagem de férias é decidida pelas mulheres. Os resultados serão divulgados no Fórum Novo Brasil: Vozes da Classe Média Brasileira, que acontece nos dias 12 e 13 de novembro, em São Paulo. As informações sçao do iBahia.

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR