Polícia baiana desarticula quadrilha especializada em roubo de carga

    82

    Uma quadrilha especializada em roubo de carga na Bahia, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte foi desarticulada durante uma operação conjunta da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Paulo Afonso) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga), concluída no domingo (26), com a prisão de Francisco Evanildo da Silva, 46 anos, na cidade de Parnamirim (RN). Wendel Dantas, o “Guel”, de 33 anos, Cícero Barros da Silva, 44, Nailton Rodrigues dos Santos, 43, e Patrícia Souza, a “Paty”, 28, comparsas de Francisco, e o receptador Lucélio de Melo Marinho foram capturados, durante investigações para recuperação de um carregamento de óleo lubrificante para veículos, avaliado em R$ 200 mil. O roubo da carga aconteceu no dia 1º de agosto, em Feira de Santana. Segundo o coordenador da 18ª Coorpin, delegado Mozart Cavalcanti de Oliveira, o bando havia roubado outras duas cargas, em Pernambuco, nos últimos cinco meses, entre as quais, um carregamento de sandálias, avaliado em R$ 1 milhão. Em um supermercado de propriedade de Lucélio, no município pernambucano de São Bento do Una, os investigadores recuperaram, no sábado (25), parte da mercadoria subtraída, tendo Lucélio sido autuado por receptação.

    .
    Mandados
    A quadrilha começou a ser desarticulada com o cumprimento de mandados de prisão temporária expedidos pelo juiz Cláudio Pantoja. Ao ser preso na última terça-feira (21), em Paulo Afonso, Wendel repassou detalhes sobre a atividade dos comparsas, que residiam fora da Bahia. Patrícia, Cícero e Nailton foram localizados em Caruaru (PE), no sábado (25), por investigadores da 18ª Coorpin.
    .
    Atuados por formação de quadrilha, Francisco, Wendel, Cícero, Nailton e Patrícia serão recambiados para Paulo Afonso, onde ficarão custodiados na carceragem da 18ª Coorpin, à disposição da Justiça. Lucélio ficará preso em Pernambuco. Outros dois integrantes do bando já foram identificados e são procurados pela polícia. A carga roubada de lubrificantes ainda não foi recuperada. De acordo com o delegado Mozart Cavalcanti, Francisco tem relação com a quadrilha liderada por “Joza de Arapiraca”, que mora em Alagoas, e está foragido. Fonte/Foto: Ascom Polícia Civil

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR