Polícia prende falsário acusado de aplicar golpes em Itiúba, Cansanção e região

    200

    Uma equipe de Policiais Civis do Município de Itiúba, recebeu denuncias que um indivíduo desconhecido teria chegado na cidade em situação suspeita, instalando–se em um prédio, realizando a  abertura de uma empresa Fantasma denominada CONSEG, realizando cadastramento de várias pessoas as quais eram  lesadas, repassando para o referido individuo quantias em dinheiro, recebendo como garantia promessas de futuros empregos nas profissões de motorista; zeladora; gari; técnico em informática, professoras e etc.,  profissões estas que segundo o suspeito seriam exercidas nas Prefeituras dos Municípios de Itiúba; Filadélfia, Senhor do Bonfim Cansanção e outros Municípios da Microrregião e em  Empresas  Particulares. Com as denuncias, o  Delegado de Polícia Titular do Município de Itiúba, Dr. Claudio Gomes, acionou o Setor de Investigação do Organismo Policial, que deu início as investigações, ficou constatado que o suspeito identificado por NELSON SANTOS ARAUJO, com 47 anos de  idade, natural da  cidade de Salvador, em contra si  Processos em andamento na Justiça Criminal por prática de Crime de Estelionato e Formação de Quadrilha, delitos estes tipificados nos  Artº 171 e 288 do Códex Penal Pátrio.

    No dia 22 de novembro, a DEPOL de Itiúba, avançando nas investigações, conseguiu levantar pessoas vitimas do golpe, o Delegado de Polícia  Dr. Claudio Gomes, juntamente com os Agentes Paulo Adriano e Valnei Aquino, se deslocaram até   um prédio localizado no centro da cidade de Itiúba, local onde estava instalada a suposta empresa, flagrando o acusado NELSON SANTOS ARAUJO, realizando a sua ilegal negociação com duas vítimas, que ao ser  indagado das acusações contra a sua pessoa, não apresentou documentação comprobatória da legalidade da  empresa, tentando justificar-se perante a Autoridade Policial, confirmando o teor das denuncias dizendo que   estava cadastrando pessoas para serem contratados através das citadas Prefeituras na Microrregião e empresas  particulares, entrando em contradições, não convencendo a equipe policial, que deram voz de Prisão em Flagrante Delito, apreendo no interior da empresa diversos documentos suspeitos de ilegalidade, cerca de  100 (cem) cadastramentos de Munícipes da cidade de Itiúba, com documentação pessoal, fotos e Carteiras de Trabalho das pessoas que foram lesadas com promessas e garantias de empregos, talões de cheques  utilizados para repassar folhas de cheques à comerciantes sem saldo bancário, bem como um veículo tipo Fiat Uno cor  vermelho, locado no Município de Senhor do Bonfim, pago com cheque possivelmente também sem saldo no extrato bancário. Após a Prisão do acusado NELSON  SANTOS ARAUJO, compareceram na DEPOL , outras vítimas de crimes de estelionato praticado pela individuo, as quais foram ouvidas em termo de  declarações juntando-se ao Auto de Prisão em Flagrante Delito que foi encaminhado ao Ministério Público e  ao Poder Judiciário no tempo hábil para os fins de Direito.

    NELSON SANTOS ARAUJO, encontra-se  recolhido na cadeia pública do Município de Itiúba, por pratica de crime inicialmente de ESTELIONATO,  tipificado no Artº 171 do C.P.B, à disposição da Juíza da Comarca.

    Outras pessoas que foram lesadas pelo Falsário procurar a Delegacia de Polícia de Itiúba-BA, para informações através do Telefone (74) 3546-1167.

      Estelionato
    Art. 171 – Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento:
    Pena – reclusão, de um a cinco anos, e multa, de quinhentos mil réis a dez contos de réis.

     

    Texto e Fotos: Polícia de Itiúba

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR