Salvador: Promotora é estuprada durante sequestro relâmpago

    117

    Uma promotora e uma juíza sofreram um sequestro relâmpago na noite do quinta (15) na Pituba, segundo informações da Polícia Civil, que investiga o crime. As duas foram abordadas quando se preparam para entrar em um bar na rua Amazonas. Neste momento, um trio rendeu as duas mulheres.

    Os bandidos então forçaram as duas a voltar para o carro – segundo testemunhas, um Fiesta – e as levaram com eles. De acordo com a Polícia Civil, os assaltantes então ficaram circulando pelas ruas com as duas vítimas por algumas horas, quando então liberaram a juíza.

    Eles permaneceram com a promotora no veículo e só a liberaram na madrugada de sexta – muito ferida, espancada e depois de ser estuprada. A Polícia Civil não informou onde as duas foram deixadas nem se os bandidos roubaram algo além do carro. A promotora atua em uma comarca do interior – segundo informações não confirmadas pela polícia, Livramento de Nossa Senhora. Já a juíza trabalha em outro estado do Nordeste. Segundo fontes não oficiais, as duas foram socorridas para o Hospital Couto Maia na madrugada de sexta.

    A ocorrência foi registrada ainda na madrugada no plantão central da polícia e o Comando de Operações Especiais (COE) foi colocado imediatamente na investigação, com apoio do Departamento de Inteligência da Polícia Civil. As vítimas foram ouvidas na 16ª Delegacia (Pituba).

    As buscas pelos suspeitos continuam. A Polícia Civil não divulgou detalhes sobre o caso, como os nomes das vítimas, para preservar a investigação.

    Informações do Correio/Foto Ilustrativa

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR