TIM diz que apagão no Nordeste foi provocado por rompimento de cabos

    75

    O rompimento de dois cabos de fibra ótica teria provocado o apagão que deixou milhões de usuários da operadora TIM sem sinal na Bahia e em parte do Nordeste na manhã deste sábado (20). O apagão durou duas horas e atingiu parte dos estados do Ceará, Alagoas, Paraíba, Sergipe e Pernambuco.

    O problema aconteceu entre as 8h07 às 10h15 deste sábado, segundo a TIM. Serviços de telefonia e de internet banda larga foram afetados. Em nota à imprensa, a operadora informou que “técnicos da empresa atuaram para corrigir o incidente normalizando a prestação do serviço”. Ainda segundo a operadora, os serviços de voz e de dados já foram normalizados.

    Logo após o apagão, usuários da telefonia buscavam explicações para a falha de sinal nas redes sociais. O termo TIM apareceu entre os assuntos mais pesquisados no Twitter, alcançado o Trending Topics.

    Em julho, a TIM foi proibida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de vender seus produtos na Bahia e em outros 18 estados por 11 dias, por causa da baixa qualidade dos serviços. A TIM considerou a medida exagerada e desproporcional.

    Em agosto, um relatório de fiscalização da Anatel constatou que as quedas de chamadas de clientes do plano Infinity da operadora TIM são quatro vezes maiores que as de outros planos. No Infinity, o usuário paga pela ligação e não pelos minutos de chamadas. O relatório foi encaminhado ao Ministério Público do Paraná, que pediu uma nova suspensão das vendas de linhas de celulares e internet da TIM no estado.

    (Informações do Correio)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR