Treze pessoas são presas em Alagoinhas, Santo Estevão e Itaberaba por conta de abate clandestino

    186

    Treze pessoas foram presas em flagrante durante operações de fiscalização e combate ao abate clandestino e venda de carne imprópria realizadas na última semana pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MPE-BA), em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) e a Polícia Civil. As ações aconteceram em Itaberaba, Alagoinhas e Santo Estevão. Segundo o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça do Consumidor (Ceacon), promotor de Justiça Roberto Gomes, o Ministério Público continuará a desenvolver o trabalho de identificação de locais de abate clandestino em 2013. “Pretendemos identificar os fomentadores do abate clandestino para combater e evitar o consumo de carne imprópria, além de promover a responsabilização dos envolvidos nessa prática ilegal, a partir das informações produzidas em inquéritos policiais sobre o abate e a comercialização desses produtos impróprios para consumo”, afirmou Gomes.

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR