Vitória volta a decepcionar no Barradão e perde do São Caetano, que retorna ao G-4

    63

    O Vitória voltou a decepcionar a torcida que encheu o Barradão na noite desta sexta-feira. A equipe rubro-negra foi superada por 1 a 0 pelo São Caetano, sofreu a segunda derrota seguida como mandante e perdeu mais uma vez a chance de praticamente carimbar uma vaga na elite. O único gol da partida foi marcado pelo ex-palmeirense Pedro Carmona, em uma bela finalização da entrada da área.

    Com o resultado, o Vitória estaciona nos 66 pontos, perde a oportunidade de assumir a ponta (já que o Goiás tropeçou diante do ABC) e ainda pode deixar a terceira colocação da tabela, caso o Criciúma vença o Guarani no Brinco de Ouro, neste sábado. Mais que isso. Caso o Atlético-PR supere o Guará, o time rubro-negro irá terminar a rodada a cinco pontos do quinto colocado.

    Já o São Caetano, que teve Emerson Leão demitido nesta quinta-feira e jogou no Barradão sob o comando do interino Airton Silva, foi a 61 pontos e retornou ao G-4, assumindo a quarta colocação. Porém, o Atlético-PR ainda joga neste sábado e pode retomar a vaga ao final desta 33ª rodada.

    Faltou criatividade ao Vitória na etapa inicial. Não à toa, a primeira chance de gol dos rubro-negros foi acontecer só aos 34min, quando Tartá fez linda tabela com Elton e soltou a bomba para ótima defesa de Luiz. O São Caetano, por sua vez, parecia jogar em casa em certos momentos, já que conseguia empurrar o time da casa em seu campo e dominar algumas partes do jogo.

    E aos 43min, o time do ABC Paulista conseguiu abrir o placar. Pedro Carmona recebeu passe de Danielzinho em contra-ataque, dominou a bola na entrada área e finalizou cruzado, com precisão, no canto esquerdo do gol de Deola. 1 a 0 no Barradão, e apreensão da torcida, que apesar do resultado adverso, continuou apoiando o time rubro-negro, que não reagiu até o intervalo.

    “O jogo está lá e cá. A gente teve oportunidades, assim como eles, mas a gente foi mais competente que eles”, analisou o meio-campistaPedro Carmona. “Acabamos pecando na marcação, e isso não pode acontecer. Precisamos voltar para virar o jogo, é obrigação nossa aqui dentro”, disse o zagueiro Gabriel Paulista.

    Apesar da bronca, o Vitória voltou a vacilar na defesa logo aos 10min do segundo tempo, mas desta vez, Pedro Carmona errou o alvo e mandou por cima do gol, em finalização quase da pequena área. Mal em campo, o time passou a ouvir gritos de “queremos raça” da torcida presente no Barradão. Porém, aos poucos foi melhorando e enfim começou a assustar o goleiro Luiz.

    O camisa 1, inclusive, foi responsável por um ‘milagre’ aos 19min ao evitar um forte cabeceada do zagueiro Gabriel Paulista, que tinha endereço certo: o ângulo. A partir daí, o Vitória partiu de qualquer forma para o ataque, mas não conseguiu evitar a derrota e novamente saiu vaiado do Barradão. *Informações da Uol/Foto: Globoesporte.com

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR