Wagner e outros sete governadores fazem visita para apoiar ex-presidente Lula

    54

    Jaques Wagner e outros sete governadores brasileiros visitaram na tarde desta terça-feira (18) o ex-presidente Lula, para declarar apoio e solidariedade depois de uma série de denúncias que implicam o petista no mensalão, feitas por Marcos Valério.

    Além de Wagner, também estiveram no Instituto Lula, em São Paulo, Tião Viana (PT-AC), Sérgio Cabral (PMDB-RJ), Agnelo Queiroz (PT-DF), Camilo Capiberibe (PSB-AP), Teotônio Vilela Filho (PSDB-AL), Cid Gomes (PSB-CE) e Silval Barbosa (PMDB-MT). Também esteve presente Luiz Fernando Pezão, vice-governador do Rio de Janeiro. Todos conversaram por cerca de uma hora e meia.

    Articulador da visita, o cearence Cid Gomes, disse que além da mensagem de apoio o encontro também serviu para falar sobre a necessidade de reforma política no país. “Ele sempre teve muito carinho, muita atenção pelos estados brasileiros e de nossa parte também, sempre tivemos muita admiração por ele. A gente falou muito sobre o Brasil, a necessidade que a gente pense uma reforma política pro Brasil e pensar em valorizar a política, a política feita a bem do Brasil, feita com espírito público”, disse.

    Wagner também falou com a imprensa e disse que existe uma tentativa de descontruir a imagem popular de Lula. “Eu não tenho muita cabeça conspirativa, mas também não sou ingênuo. Que existe uma vontade de quem trabalha contra um ícone de 80% de popularidade de desmontar essa popularidade para motivos maiores e menores, é óbvio que tem. Seria ingenuidade a gente achar que não tem”, afirmou.

    “Na passagem de Lula pela Presidência, o país deu um salto jamais visto em sua história. Milhões de pessoas saíram da miséria e entraram no mercado de consumo, passando a ter uma vida digna”, acrescentou o governador, em nota divulgada à imprensa. (Informações do Correio)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR