4 pessoas morrem em decorrência da chuva em Maceió e cidade decreta estado de calamidade pública

As fortes chuvas que caem em Maceió desde a noite de sexta (26) deixaram 4 mortos e 14 feridos, segundo o Corpo de Bombeiras. Há quatro pessoas desaparecidas. Houve deslizamento de barreiras em diversos bairros, imóveis desabaram e ruas e avenidas foram interditadas. A prefeitura da capital decretou estado de calamidade pública.

pessoasoterrada
(Foto: Carol Sanches/ G1 AL)

Um dos corpos foi encontrado na Grota de Santo Amaro, que fica no bairro Tabuleiro do Martins, onde cinco ficaram feridos pelos deslizamentos e quatro estão desaparecidas. Outra vítima foi retirada morta dos escombros no bairro da Chã da Jaqueira. Uma morte por deslizamento foi confirmada em Maceió, mas sem informações sobre o local.

cha da jaqueira morto
(Foto: Carol Sanches/ G1 AL)

No bairro do Feitosa, o deslizamento de uma barreira na Grota Pau d’Árco atingiu uma casa. O proprietário, identificado apenas como Benedito, estava desaparecido desde à noite de sexta, quando a barreira cedeu em cima de sua casa. Ele foi soterrado e encontrado morto por moradores na manhã deste sábado (27).

“Os bombeiros vieram ontem à noite, mas não viram nada. Por isso, retomamos as buscas de manhã e achamos o corpo”, relatou Antônio Benedido, que mora próximo ao local.

whatsapp image 2017 05 27 at 09.17.13

Quem vive na região está apreensivo pelo risco de novos deslizamentos. A dona de casa Cícera Clevia Barbosa Costa falou que a maioria das pessoas não tem para onde ir. “Quando a barreira caiu foi um estrondo tão grande que parecia que ia acabar o mundo. Estou com muito medo, mas não tenho outro lugar para ir”.

A Defesa Civil Municipal informou que foram registrados, até a manhã deste sábado, 23 deslizamentos de barreiras, sete queda de árvores, uma ameaça de deslizamento e oito ameaça de desabamento de imóveis.