Abelhas italianas matam dezenas de criações e galinhas durante ataque em Retirolândia

abelhasA agricultora Zuleide dos Santos Lima, 57 anos, moradora da Fazenda Cidade dos Bois, na região do Povoado de Ponto da Pinha, no Município de Retirolândia, viveu momentos de muita aflição na manhã deste domingo,19, quando por volta das 09h foi informada por um vizinho que abelhas italianas criadas em cativeiro de propriedade do filho Moisés, havia atacado dezenas de galinhas, criações e duas novilhas no meio da roça, onde ficam as colmeias.

Dona Zuleide saiu desesperada na tentativa de salvar os animais e por pouco não foi atacada, pois diz ter recebido bastante picada, mas estava com uma palha de coqueiro em chamas e o fogo e a fumaça impediram de ser atacada por uma quantidade maior de abelhas.

Dona-Zuleide-291x210Chorando bastante por não ter conseguido evitar a morte dos animais dona Zuleide desabafou. Segundo ela, tudo aconteceu por causa de umas galinhas também de propriedade de Moisés, que foram colocadas por ele nas proximidades das colmeias, as aves então teriam se aproximado e possivelmente mexido com as abelhas que se assanharam e atacaram as galinhas, caprinos e ovinos e duas novilhas que estavam próximas, matando os animais em poucos minutos.

“A minha maior dor não é pelo valor financeiro, a minha dor é ter visto os bichinhos caídos berrando e eu sem poder fazer nada”, lamentou agricultora. Zuleide disse que recentemente furtaram metade das criações e agora a outra metade é morta por abelhas. “Eu até preferia que tivessem levado essas também, melhor que ver morrendo da forma que vi”. Externou.

Adalberto-Ponto-da-PinhaAs duas novilhas foram picadas, mas aparentemente não sofreram a mesma gravidade que as galinhas e as criações. Segundo dona Zuleide os bovinos atenderam ao seu chamado e no costume dela chamar para dar ração o animais deixaram o local.

Moisés dono das colmeias e das galinhas não estava na propriedade no momento do ataque. Mas a sua mãe disse não culpar pelo ocorrido, pois ninguém imaginou que pudesse acontecer o que aconteceu, até porque as galinhas já estavam a mais de uma semana no local.

O esposo da agricultora Adalberto Ribeiro de Lima, 57 anos, disse que no momento do ataque estava em Conceição do Coité, segundo ele o prejuízo pode chegar a R$ 3 mil, mas o importante foi a esposa não ter sido atacada, pois foi para o local despertada e não pensou no perigo. “ O importante é a vida, ela lutou pra salvar os bichos e não conseguiu né? Então agradecer a Deus.

Neste vídeo pode ser visto imagens de alguns animais que foram levados para perto da casa, pois as colmeias ficam mais de duzentos metros de distância e  Seo Adalberto faz o relato do ocorrido.


……………………………..
As informações e fotos são do Calila Notícias