Acidente na BR-116 entre Tucano e Quijingue, deixa um morto e dois feridos

    DSCF3493Uma colisão lateral envolvendo um caminhão Mercedinha-710 de cor vermelha, placa policial, KEX- 3980, licença de Olindina- BA e a carreta Scania, placa policial, JRO-2505, de Luís Eduardo Magalhães-BA, deixou o saldo de um morto e dois feridos, na BR-116/Norte, entre o município de Tucano e Quijingue.

    O acidente aconteceu por volta das 07h30min desta quarta-feira dia 20, nas proximidades da fazenda Cana Brava e vitimou fatalmente o ajudante de caminhão, José Ivanildo Jesus Santos, de idade não revelada, deixando ferido o condutor do mesmo; José Antônio Santana Pereira, 43 anos e Bruno Freire, 18 anos, filho do motorista.

    Segundo informações do motorista da carreta, que estava carregada de milho, Diego Carvalho de 24 anos, seguia da cidade de Paripiranga, para o município de Euclides da Cunha, quando foi surpreendido pelo caminhão que tentava realizar uma ultrapassagem. “Ele tentou me ultrapassar, mas parece que perdeu o controle da direção e me atingiu na lateral. Joguei a carreta para o acostamento, para evitar uma tragédia, mas infelizmente ele acabou saindo da pista e capotou na ribanceira, matando o rapaz que foi projetado para fora da cabine, e eu acabei parando aqui dentro do mato”, relator Diego.

    DSCF3489Devido à violência do capotamento, o caminhão que seguia de Olindina, para Bendengó, carregado de açúcar e feijão empacotado, ficou totalmente destruído e a carga se espalhou as margens da rodovia. Pai e filho foram socorridos para a emergência do Hospital Municipal Mariana Penedo em Tucano, onde foram atendidos pela equipe médica de plantão. Já 0 motorista da carreta saiu ileso do acidente.

    Uma guarnição da Polícia Militar esteve no local e comunicaram o fato ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Ribeira do Pombal e ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade de Euclides da Cunha.

    O corpo de Ivanildo foi periciado e em seguida removido pela Nova Funerária Vando, para o Instituto Médico Legal em Feira de Santana, onde passará por necropsia.

    A vítima teve parte do crânio esmagado e o ombro direito dilacerado. Os dois veículos que seguiam no mesmo sentido, saíram da pista e foram parar dentro do mato.  Mesmo saindo da pista por cerca de 50 metros, a carreta não tombou.

    Fonte: Gil Santos