ACM Neto determina cobrança de meia passagem aos domingos e congela Tarifa de ônibus até 2014

    20130328095201_onibus28A partir do próximo domingo (31), a população de Salvador tem acesso ao benefício do programa “Domingo é Meia”, com meia-passagem para os usuários de transporte coletivo, prometido pelo então candidato a prefeito ACM Neto (DEM), tendo a garantia de que não haverá aumento da tarifa de ônibus em 2013.

    “Neste ano não haverá aumento de tarifa dos ônibus. Não imaginem que os custos do programa ‘Domingo é Meia’ serão repassados para a tarifa porque não serão. Não haverá aumento no preço da passagem”, garantiu o prefeito.

    O anúncio aconteceu em meio a uma coletiva com tom de prestação de contas, a menos de 90 dias do começo da administração.

    “Confesso que não esperava em três meses conseguir dar vazão a tantas coisas, até pelas sérias restrições orçamentárias e financeiras que nós estamos vivendo, mas a gente percebe que com trabalho e empenho consiga fazer muito, mesmo com pouco dinheiro”, comemorou o prefeito.

    De acordo com Neto, os compromissos feitos durante a campanha eleitoral começam a se materializar. “O projeto ‘Domingo é Meia’ foi um compromisso nosso de campanha, trazer para Salvador este programa, e nós vamos, a partir do dia 31, no contexto de comemoração do aniversário da cidade, determinar que as empresas passem a ter a meia-tarifa aos domingos. A única limitação para meia-passagem é que ela seja paga em dinheiro. O nosso propósito é facilitar o lazer das pessoas, o convívio com as famílias, permitir que as famílias possam ir à praia, ir aos parques, visitar os seus parentes aos domingos”, explicou o prefeito.

    Aeroclube – O “elefante branco” do Aeroclube, nas palavras do próprio Neto, terá a demolição como fim. “O assunto está bem encaminhado e eu espero, em breve, ‘tapumar’ aquela área e ter prazo para poder implodir aquele elefante branco que está ali. Ele vai ter que ser colocado no chão e vai ser construído um completamente novo. Nada daquela estrutura será aproveitada”, adiantou.

    Segundo o prefeito, dois projetos já foram apresentados pelo consórcio concessionário e há uma perspectiva de entendimento em breve. “O primeiro projeto que foi apresentado não nos agradou.

    O segundo projeto já é muito melhor”, sugeriu o prefeito. De acordo com ele, todos os novos empreendimentos em Salvador, assim como o Aeroclube, só poderão ser executados com contrapartidas para o município.