Acredite: Pacientes fazem vaquinha para abastecer veículo da prefeitura de Quijingue

CAM00055Na última sessão da Câmara Municipal de Quijingue, o vereador Clovis Cavalcante (PSD) relatou um episódio acontecido há cerca de duas semanas, envolvendo pacientes que viajam para Salvador, em um veículo da Prefeitura de Quijingue, para realizar consultas e exames médicos. Os pacientes somente conseguiram continuar a viagem porque fizeram uma vaquinha para arrecadar fundos para pagar o abastecimento do veículo.

Segundo o vereador, o veículo saiu de Quijingue com a garantia de que seria abastecido na cidade de Araci com ordem da Prefeitura de Quijingue. No entanto, ao chegar naquela cidade, o motorista não conseguiu abastecer o veículo com autorização da prefeitura; no primeiro momento, o motorista decidiu interromper a viagem e retornar a Quijingue, mas, acabou sendo convencido a prosseguir depois que os pacientes resolveram fazer uma vaquinha, arrecadando R$ 100,00 (cem reais) para pagar o abastecimento.

Clóvis informou que as informações foram obtidas com o próprio motorista que conduzia os pacientes. Disse ainda que isso já teria acontecido outras vezes. “Um descaso total nesta administração”, concluiu.

Em janeiro, a prefeitura de Quijingue fechou um contrato com a empresa Leondez Nunes Arruda para a aquisição combustíveis para abastecimento dos veículos da frota municipal, pelo valor de R$ 2.777.790,00 (dois milhões, setecentos e setenta e sete mil, setecentos e noventa reais). O valor do contrato é praticamente o dobro efetivado em 2013, que foi de R$ 1.495.950,00 (um milhão, quatrocentos e noventa e cinco mil, novecentos e cinquenta reais). Ou seja, são R$ 1.281.840,00 (um milhão, duzentos e oitenta e um mil, oitocentos e quarenta reais) a mais do que em 2013. (Folha da Vila)