Acredite: Presidente da CUT na Bahia culpa juiz Sérgio Moro por desemprego no país

003O presidente da Central Única dos Trabalhadores na Bahia (CUT), Cedro Silva, destacou as conquistas da classe trabalhadora neste 1º de Maio durante o ato na Barra, em Salvador. Para ele, a classe tem o que comemorar, apesar “da tentativa de golpe” contra a presidente Dilma Rousseff. “O trabalhador sempre tem o que comemorar, principalmente por causa das conquistas dos últimos 13 anos como a política do salário mínimo e o reajuste salarial acima da inflação”, disse.

Sobre o plano lançado pelo PMDB, “Uma ponte para o futuro”, ele reafirmou que retira direitos dos trabalhadores e prioriza a elite brasileira. “É o mesmo plano das elites brasileiras que levaram Jânio Quadros ao suicídio. É o mesmo plano que quer tirar a presidente Dilma, o mesmo plano que imperou no Brasil durante 500 anos, interrompido pelo atual projeto e agora querem voltar. A nossa diferença para eles é que eles querem um Brasil para eles e nós queremos para todos”, afirmou.

Em relação ao fato de o país está com cerca de 11 milhões de desempregados, ele atribuiu a Operação Lava Jato e ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações. “Quando nós assumimos esse projeto a prioridade foi o desenvolvimento sustentável desse país. Nós não temos culpa se um juiz de direita para investigar a Petrobras precisa parar todas as empresas. A culpa do desemprego é do juiz Sérgio Moro. O trabalhador precisa cobrar dele para que liberem as empresas para assumirem contrato junto ao governo para voltarmos a gerar emprego”, pontuou. (Bocão News)