Acusado de feminicídio que chocou Cansanção é condenado a 20 anos de prisão

3099

O júri popular da última quarta-feira (04), na comarca de Cansanção, na região norte da Bahia, condenou a 20 anos de prisão, em regime fechado, Álisson José Cunha de Souza, acusado de ser autor de um feminicídio que chocou a cidade, o crime ocorreu no dia 14 de Janeiro de 2007.

Acusado de tirar covardemente a vida de sua ex-companheira Robéria Silva Santana, Álisson chegou a ficar preso entre Abril de 2007 e Janeiro de 2009 até deixar a prisão ao conseguir um habeas corpus.

Após um longo período de espera por justiça, mesmo o réu sendo condenado por unanimidade pelo júri pelo placar de 7 a 0, ele acabou sendo beneficiado pelas frágeis e vergonhosas Leis de nosso país e vai recorrer em liberdade.