Adolescente é morto por frentista após protestar contra preço da gasolina

p_gasolina004Agência Brasil – Um adolescente foi morto por um frentista durante um protesto contra o preço dos combustíveis em um posto de gasolina em Planaltina no Distrito Federal na noite de ontem (11). Lucas da Luz Alves tinha 15 anos e protestava com um grupo de pessoas por causa do aumento do preço da gasolina, quando levou dois tiros após uma discussão com Wemerson dos Santos Feitosa, de 26 anos, que era funcionário do local.

No protesto, os manifestantes abasteciam R$ 0,50 , pagavam com nota alta ou cartão de crédito e exigiam nota fiscal. Segundo a Polícia Militar, testemunhas disseram que a discussão começou após o frentista abastecer R$ 50 em vez de R$ 0,50 no carro em que a vítima estava quando começou a confusão. O frentista tentou fugir mais foi preso por policiais militares.

De acordo com a Polícia Militar, Feitosa estava com o revolver calibre 38, que foi usado para efetuar os disparos contra o adolescente. A arma estava com a numeração raspada. Feitosa está preso na 31° Delegacia de Polícia em Planaltina e vai ser transferido para a Carceragem do Departamento de Polícia Especializada de Brasília. Cerca de 40 manifestantes estavam no momento do crime.