Alinne Moraes estreia novela na Globo e coisas terríveis sobre Bolsonaro; confira

A atriz Alinne Moraes voltou a aparecer na Globo na noite desta terça-feira (25), e aproveitou o buzz para fazer uma postagem contra o candidato Jair Bolsonaro, que disputa nas eleições presidenciais. Em seu perfil no Instagram, ela entrou na campanha do #EleNão, gravou um vídeo e desafiou as amigas.

“Porque é machista, homofóbico, racista. É a favor da tortura e do porte de armas. Está há 28 anos na câmara, votou contra o plano real, o teto salarial no setor público, e contra o fundo de combate à pobreza”, iniciou Alinne Moraes.

Foto reprodução

“Mas votou a favor do aumento do salário dos deputados, a favor da retirada dos direitos trabalhistas, e congelamento de gastos com saúde, educação e estrutura por 20 anos. Seu assessor econômico propõe que os pobres paguem mais impostos e os bilionários ainda menos. Está claro para quem ele irá governar”, continuou a atriz da Globo.

“Por isso dia 29 de setembro convido a todas as mulheres para irem às ruas contra o retrocesso”, completou Alinne Moraes, que bloqueou os comentários imediatamente, temendo as críticas dos fãs do candidato.

Recentemente, a cantora Sandy foi obrigada a se manifestar sobre o assunto, após ser vítima de notícias falsas.

A classe artística brasileira, bem como a maioria dos cantores e atores da Globo, está sendo bombardeada pelos eleitores de Jair Bolsonaro, e após Anitta, a mais nova vítima foi ninguém menos que a cantora Sandy.

Ela teve o seu nome envolvido em uma falsa notícia (fake news), que revelava um suposto apoio da famosa ao presidenciável.

Tal informação exibia uma foto de Sandy com a seguinte frase: “Quem me conhece e acompanha minha vida e minha carreira desde criança, sabe perfeitamente o porquê de eu concordar com os valores defendidos pelo Bolsonaro”.

Sua equipe, imediatamente, desmentiu a informação.

A declaração teria sido feita durante um show no dia 18 de agosto em Curitiba (PR), e a assessora de imprensa Rogéria Takata revela que não houve nenhum show e nenhuma declaração sobre o assunto.

“Trata-se de fake news. Não fizemos show em Curitiba neste ano ainda. Tampouco a artista fez algum tipo de declaração com teor político”, explica a cantora, que também é contra o presidenciável. Ela, Alinne Moraes, Anitta, e vários outros artistas lutam contra o seu crescimento nas pesquisas.

Além de Sandy, famosos como o ex-jogador e técnico de futebol Rogério Ceni, o ex-treinador Zagallo, o ex-tenista Guga Kuerten, e até Silvio Santos, dono do SBT, estão sendo vítimas desse tipo de notícia falsa, que ligam seus respectivos nomes ao do controverso candidato.

ANITTA

Daniela Mercury resolveu cobrar o posicionamento Anitta em relação ao candidato Jair Bolsonaro. Em seu perfil no Instagram, ela desafiou a cantora e a convocou para as ruas, com o objetivo de lutar contra as propostas do presidenciável.

“Vamos, Anitta?”, convidou Daniela, que está engajada nas manifestações do movimento #EleNão, que acontecerão no próximo dia 29 de setembro. No mesmo vídeo, Daniela Mercury ainda chama Bolsonaro de machista, homofóbico e racista.

“Eu estou aqui para convidar todas as mulheres brasileiras para ir às ruas no dia 29 de setembro. Ele não! E eu gostaria de desafiar minha amiga Anitta para apoiar o movimento Ele Não! Vamos, Anitta?”, convidou Daniela.

Agora, diante da pressão, Anitta finalmente se posicionou. Ela deixou claro que não apoia Jair Bolsonaro e ainda fez questão de cobrar o posicionamento de Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Preta Gil.

....

COMPARTILHAR