Americano Spike Lee grava cenas de documentário com prefeito ACM Neto

    RTEmagicC_SpikeLeeeACMNETO.jpgNesta sexta-feira (8) foi a vez do prefeito ACM Neto ser entrevistado pelo cineasta norte-americano Spike Lee. A gravação realizada no Palácio Thomé de Souza fará parte do documentário “Go Brazil Go”. Durante a conversa, foram abordadas as políticas de reparação da cidade para reduzir o preconceito racial e social.

    Também foram feitas imagens na Praça Municipal, além de um depoimento com o vereador Silvio Humberto. Spike Lee trouxe para a gravação uma equipe de 25 pessoas, entre norte-americanos e brasileiros, que trabalham na produção de imagens do Carnaval. A equipe deve gravar ainda nos bairros Pelourinho, Itapuã e Liberdade.

    O objetivo do cineasta é fazer um retrato do Brasil através dos artistas, líderes políticos e outros agentes sociais, aproveitando o momento de planejamento para a Copa das Confederações, Copa do Mundo, além de apresentar os reflexos da eleição da primeira mulher para a presidência do país, Dilma Rousseff.

    “Spike me mostrou um bom conhecimento sobre a realidade da nossa cidade e do País como um todo. Tive a oportunidade de mostrar a ele que a Bahia foi pioneira na implantação da política de cotas raciais nas universidades brasileiras. Mostrei também que logo na primeira semana de governo determinamos a constituição de um grupo de trabalho que vai apresentar uma proposta para ter a política de cotas raciais na ocupação de funções da prefeitura”, afirmou ACM Neto ao final das gravações.

    Na quinta-feira, o cineasta esteve no Teatro Vila Velha, onde gravou com Margareth Menezes. Além de alar da carreira, a cantora deu depoimentos sobre o Carnaval de Salvador, a importância dos blocos afro baianos e também sobre desigualdades raciais.

    Fonte: Correio24Horas