Amor à Vida: Paloma declara guerra a Pilar e Félix

RTEmagicC_paloma-batalha.jpgApesar da decepção por tudo o que César (Antonio Fagundes) lhe fez, Paloma (Paolla Oliveira) vai dar uma chance ao pai nos próximos capítulos da novela ‘Amor à Vida’. Segundo a colunista Patrícia Kogut, a médica vai se reconciliar com o presidente do San Magno no dia do casamento com Bruno (Malvino Salvador).

Isso porque César volta atrás na decisão de não entrar com ela na igreja e aparece de surpresa na cerimônia. Após o casamento, Paloma conversa com o patriarca dos Khoury. “Pai, obrigada por te me levado até o altar, eu sei que você não aprova o meu casamento”, diz ela.

“Minha filha, se eu não viesse, você ficaria magoada comigo pelo resto da vida. E isso eu não ia suportar”, responde ele. Após Aline (Vanessa Giácomo) dar à luz ao filho do médico, Paloma decide visitar o novo irmão e deixa César surpreso: “Paloma, você não sabe o prazer que me dá”. A pediatra, então, explica: “Pai, você teve um filho. Eu já tinha visto na maternidade do hospital, mas você não estava lá quando eu fui. Eu quis vir aqui, te dar um beijo, e conhecer um pouco mais o meu irmão. O importante é que você esteja feliz. E, pelo jeito, você está muito feliz”.

Dias depois a médica decide marcar um encontro com Félix (Mateus Solano) para tentar convencê-lo de conhecer o irmão. O administrador não concorda e diz que Pilar (Susana Vieira) não vai ficar muito contente com a posição de Paloma. “A mamãe tem que encarar a realidade, Félix. O nosso pai foi embora. Ela tem que recomeçar a vida, encontrar novos caminhos. Todos nós temos que aceitar que a nossa família se dividiu”, alega a pediatra.

O vilão, por sua vez, a questiona se é algo relacionado ao processo de divórcio e a médica fala que não sabe. Paloma dá um conselho a Félix: “Felix, você deveria convencer a mamãe a fazer um acordo com o papai”. “Jamais! Ela quer o hospital. E, francamente, Paloma, eu também quero que a mamãe vença esse processo. É o único jeito de eu voltar para o hospital. Porque o meu pai, meu próprio pai, não me quer lá”, reclama ele. Assim que terminar a conversa com a irmã, o administrador vai contar tudo para a mãe, que repreende a atitude de Paloma e diz que precisa ter uma conversa séria com a filha. Mas, antes que isso aconteça, Pilar vai ter uma surpresa na audiência de conciliação.

“Doutor César, dona Pilar. Vejo que os senhores, mesmo vindo de um casamento de tantos anos, optaram pelo modo mais tortuoso de se divorciarem, que é o litígio. E por esse motivo nós estamos aqui para tentar transformar esse divórcio num acordo consensual. Eu lhes pergunto: existe a possibilidade das partes entrarem num acordo?”, pergunta o juiz.

César, então, faz um pedido: “Excelência. Eu sei que isso não faz parte do protocolo. Mas, como o meu filho Félix também está presente, eu gostaria de chamar uma pessoa da minha extrema confiança para se unir a nós”. O juiz autoriza e um oficial de justiça vai abrir a porta do tribunal. É neste momento que Paloma entra e deixa Pilar e Félix surpresos. “Paloma?”, fala o vilão assustado. (iBahia)