Após denúncia, PM desativa rinha de galo e prende 32 em Jacobina

60842-2Uma rinha de galos que funcionava em uma fazenda na comunidade do Junco, zona rural de Jacobina, a 345 km de Salvador, foi desativada após uma denúncia anônima feita à polícia. De acordo com informações da PM da cidade, no momento do flagrante, 32 pessoas assistiam à briga entre as aves, entre elas, o proprietário da fazenda, foram detidas e liberadas após depoimento.

Ainda segundo a PM, 28 aves foram apreendidas no local. Além dos animais, outras 10 motos que estavam na fazenda foram apreendidas para averiguação de documentação.

A operação realizada pela Polícia Militar, Guarda Municipal, Secretaria de Meio Ambiente e o Serviço Municipal de Trânsito e Transporte de Jacobina, ocorreu na noite do último sábado (30). Até a manhã desta segunda-feira (30), os animais permaneciam sob a responsabilidade da secretaria do Meio Ambiente da cidade.

O dono do local e outras três pessoas afirmaram ser donos dos animais e vão responder a inquérito. Eles podem cumprir pena de três meses a um ano e meio de prisão, mais pagamento de multa, se condenados. As informações são do G1.