Após morte de traficante, dois ônibus são incendiados em Salvador

650x375_veiculo-incendiado_1476236Dois ônibus foram incendiados e um depredado no final da tarde deste sábado, na capital. O primeiro caso foi registrado por volta das 16h, no bairro de Valéria, e o segundo, às 17h, no bairro de Pernambués.

Em Valéria, além do coletivo da empresa Praia Grande, um carro também foi completamente queimado. Um outro ônibus, da empresa Modelo, foi depredado e pichado com a palavra ‘Luto’.

De acordo com a 31ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a ação criminosa aconteceu, por volta das 16h, em represália à morte de um suposto traficante de drogas da região, conhecido como “Mamano”,  morto na madrugada de sexta-feira, 19.

Segundo a Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom), um grupo parou o coletivo e ordenou que os passageiros descessem antes de incendiar.

Apesar do medo instaurado em decorrência da ação criminosa, ninguém ficou ferido. Policias da 31ª CIPM e da Rondesp foram encaminhados ao local, mas ninguém foi preso.

Protesto e destruição

Em Pernambués, um coletivo da empresa Axé, que fazia a linha Pernambués – Lapa  também ficou completamente destruído após ser queimado por um grupo de pessoas.

De acordo com moradores do local, que não quiseram se identificar, a ação se deu logo após o enterro de dois jovens que residiam no bairro, mortos na sexta.

A polícia não confirmou se o incêndio ocorrido em Valéria tem relação com o de Pernambués. (Com informações e foto do A Tarde)