Após pressão do segmento LGBT, Anitta se declara contra Bolsonaro e cobra posicionamento de Claudia Leitte e Ivete

Daniela Mercury resolveu cobrar o posicionamento Anitta em relação ao candidato Jair Bolsonaro. Em seu perfil no Instagram, ela desafiou a cantora e a convocou para as ruas, com o objetivo de lutar contra as propostas do presidenciável.

“Vamos, Anitta?”, convidou Daniela, que está engajada nas manifestações do movimento #EleNão, que acontecerão no próximo dia 29 de setembro. No mesmo vídeo, Daniela Mercury ainda chama Bolsonaro de machista, homofóbico e racista.

Foto reprodução

“Eu estou aqui para convidar todas as mulheres brasileiras para ir às ruas no dia 29 de setembro. Ele não! E eu gostaria de desafiar minha amiga Anitta para apoiar o movimento Ele Não! Vamos, Anitta?”, convidou Daniela.

“DISPENSO”

Anitta se revoltou com as mensagens de “apoio” que recebeu de Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro. Depois de toda a polêmica, ele gravou um vídeo, dando a entender que a cantora apoiava o seu lado e dizendo que ela estava sendo perseguida.

“Há uma perseguição covarde a artistas que se posicionam publicamente a favor de Bolsonaro”, disparou no vídeo publicado em seu canal.

“Há uma pressão aí que ela se posicione contra o Bolsonaro. Não sei qual é a preferência político-partidária dela, mas vocês têm que entender o seguinte, parem de ficar patrulhando a vida dos outros”, completou.

Foto reprodução

Agora, diante da situação, a cantora “explodiu” em seu perfil no Instagram e fez um novo desabafo, deixando claro que não apoia candidato homofóbico e machista.

“Eu disse que eu não voto em candidato machista, eu não voto em candidato homofobico, racista e por ai vai. A gente vive em uma democracia, eu respeito a escolha de voto de todo mundo, eu não vou participar de jogo politico e mais uma vez repito, que eu não gostaria de ver a minha imagem atrelada a isso”, completou, revoltada.

Após se recusar a se manifestar publicamente sobre o seu posicionamento político, a cantora Anitta resolveu seguir um perfil totalmente dedicado ao candidato Jair Bolsonaro no Instagram. Sua atitude, é claro, gerou revolta em seus fãs, que pedem um pronunciamento imediato.

Com a sua imagem vinculada à da militante, as redes sociais foram dominadas por críticas e seu nome foi parar entre os mais comentados do Twitter. A revelação veio à tona após a cantora permanecer calada em relação ao presidenciável, indo na contramão dos demais artistas.

Anitta tem sustentado a sua carreira no Brasil com o apoio do público LGBT, que é um dos principais alvos do candidato. Diante da situação , ela vem recebendo ameaças de boicote, caso prossiga em silêncio em relação ao assunto.

A comunidade acredita que, caso ela não se manifeste, estará provando que tem interesse apenas no dinheiro que recebe desse público, o famoso “Pink Money”. Agora, ela acaba de se manifestar sobre o assunto e a declarar que “o voto é secreto”.

“Eu sou uma cidadã igual a vocês. Eu tenho sim o meu candidato. Mas assim como vocês eu também tenho direito a voto secreto e não quero dar minha posição política”, disparou.

Fonte: O TV Foco

....

COMPARTILHAR