Após se recusar a deixar a esposa, homem é assassinado, esquartejado e desossado pela amante

crime chocanteUm crime brutal chocou o Nordeste no último final de semana, uma mulher confessou ter assassinado e esquartejado o amante, no bairro Nossa Senhora Aparecida, em Bezerros (PE), cidade que fica localizada a 110 quilômetros da capital Recife. A frentista desempregada, Maria Cristina Lourenço Torres, de 38 anos, compareceu na tarde do último sábado (30), acompanhada do seu advogado e confessou que tinha matado o amante, José Bezerra de Lima Junior, o “Junior da Van” como era conhecido, que tinha 36 anos.

De acordo com informações da polícia, uma equipe esteve no local informado pela acusada e constataram que havia algumas bolsas plásticas dentro do imóvel e dentro delas, várias partes do corpo da vítima, como o tórax e os ossos dos braços e das pernas estavam desossados. Além disso, foi encontrado um revólver no interior da casa.

Conforme informações do delegado Dr. Erick Lessa, que estava de plantão na DEAH (Divisão Especial de Apuração de Homicídios), acompanhou o depoimento da mulher que alegou que tinha um relacionamento amoroso com a vítima, que se separou do marido há 6 anos para viver com ele que não queria largar a esposa e continuava casado, segundo a criminosa, na última quarta-feira (27) eles se desentenderam e ela o matou a tiros e na tentativa de esconder o corpo o esquartejou e o desossou dentro de casa.

Depois de ter a prisão preventiva decretada, Maria Cristina foi presa na tarde do último domingo (31), quando estava escondida em um motel na zona rural de Caruaru e em seguida foi encaminhada à Colônia Penal Feminina de Buíque. Os restos mortais da vítima foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Recife.