Após ser preso por agredir Moranguinho, Naldo paga fiança e é solto

178

O cantor Naldo Benny, preso nesta quarta-feira por porte ilegal de arma, foi solto logo depois, após o pagamento da fiança, de valor não informado. Naldo foi denunciado no último sábado por agressão pela mulher, a ex-dançarina Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho. De acordo com ela, Naldo a teria agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes. Ellen já passou por exame de corpo de delito. Ainda segundo ela, Naldo tinha em casa uma arma não registrada.

AKB6571 103363
Foto reprodução

A Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM) de Jacarepaguá realizou buscas na casa do cantor na Freguesia, Zona Oeste do Rio, e encontrou uma pistola calibre 7,65 sem registro e munição. Naldo foi levado à delegacia e autuado em flagrante. Ele acompanhou as buscas e informou que só falaria em juízo, mas ao deixar o local falou com o EXtra:

“Não estou preso, não. Tem um equívoco aí”, disse Naldo, assim que deixou a delegacia.

Segundo a delegada titular da DEAM de Jacarepaguá, Viviane Costa, “foi uma discussão por ciúmes em que ele acabou por agredi-la”:

— A esposa dele veio na delegacia e comunicou ter sido vítima de lesão, injúria e ameaça, e verificamos a possibilidade de ele ter uma arma não registrada. No mandado de busca, constatamos que ele tinha uma pistola em casa sem registro. Ele foi preso em casa e não esperava. Foi uma discussão por ciúmes em que ele acabou por agredi-la — disse.

Desde que foi agredida, Ellen deixou a residência onde morava com o cantor e entrou com pedido de medida protetiva contra ele. Segundo disse em depoimento, esta não teria sido a primeira agressão do cantor. Naldo irá responder por lesão corporal, ameaça e injúria e, se condenado, pode pegar até sete anos de prisão.

Ainda nesta terça-feira, a Justiça concedeu as medidas protetivas que foram solicitadas pela vítima. A juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, determinou que o artista fique afastado da mulher, de seus familiares e testemunhas do caso, mantendo distância mínima de 100 metros. Ele também foi proibido de ter qualquer contato com Ellen por quaisquer meios de comunicação, inclusive a internet. A Mulher Moranguinho acusa o marido de tê-la agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes no último sábado.

O ex-casal tem uma filha de 2 anos e nove meses. Naldo e Moranguinho começaram a se relacionar em 2010, durante as gravações do clipe da música ‘Chantilly’, um dos maiores sucessos do funkeiro. Na época ele era casado com a produtora Branka Silva. Ellen e Naldo se casaram em 2013.

Dias depois de agressão, Naldo fez declaração nas redes sociais: ‘Te amo’

Nesta terça-feira, dias depois de agredir Ellen Cardoso, o cantor Naldo Benny fez uma declaração para a ex-dançarina em uma publicação com a foto de Moranguinho no Instagram. “Eu te amo. Lembro como se fosse agora, te encontrar foi tão bom, sintonia pura pela química, desejo, frisson, eu te desejando e me declarando te querendo e me dando. Te pegar de madrugada pra fazer com a nossa cara, te quero tanto…é agora nossa hora, sua boca me devora, te quero tanto, te dou te entrego tudo! Vou cada vez mais fundo, e mergulho de cabeça nesse teu amor tão especial” (sic).

Foto reprodução

Na foto, internautas criticaram Naldo: “Agressor”, “Covarde”, “quem bate não ama”. Por volta das 15h15, o cantor deletou a conta da rede social.

Nas redes da ex-dançarina, fãs deixaram mensagens de apoio a Moranguinho nas redes sociais. No Instagram, diversos internautas a apoiaram e criticaram o cantor. “Isso aí! Parabéns por denunciar”. “Força, Ellenzita”. “Está certíssima, nada justifica uma agressão”. “Força”, escreveram fãs.

....