Após tiro na cabeça, homem anda 2 km e recusa ida ao hospital em Eunápolis

1Nem mesmo um disparo efetuado em uma das regiões mais sensíveis do corpo fez um homem cair no chão na noite desta terça-feira (3) em Eunápolis, município do sul da Bahia com 110.803 habitantes segundo dados do IBGE de 2013. Jeferson Batista de Almeida, 20 anos, andava ao lado da namorada no centro da cidade quando duas pessoas se aproximaram para hostilizar a garota e, em seguida, efetuaram disparos com arma de fogo. Um dos tiros pegou na cabeça de Jeferson, que tentou proteger a namorada, que por sua vez correu em direção para ao Pequi, enquanto Jeferson foi ao Gusmão e andou dois quilômetros, apesar do tiro na cabeça, que passou de raspão. Jeferson só parou a andada no Colégio Humberto de Campos, na Rua Tamoios. No entanto, apesar de os estudantes chamarem ambulância, a vítima recusou a ida ao hospital. Com informações do Radar 64.