Arrombamentos e estupro marcam madrugada de sexta para sábado em Euclides da Cunha

DSC00220O plantão noturno da 1ª Delegacia de Polícia de Euclides da Cunha não foi dos mais tranquilos na noite/madrugada de sexta-feira para sábado (04), a madrugada foi marcada pelo registro de arrombamento de estabelecimento comercial, em número de quatro, todos na mesma região do bairro Jeremias.

Lojas de peças automotivas e material de construção foram os alvos preferidos do arrombador ou arrombadores, já que esse tipo de crime costuma apresentar mais de um elemento na ação. A princípio, parece que os furtos não visavam mercadorias e, sim, dinheiro em espécie.

O outro registro, este de muita gravidade, que nas últimas semanas tem dominado o noticiário nacional e se tornado motivo de debate entre autoridades, entidades defensoras dos Direitos Humanos, de Proteção à Mulher, redes sociais, etc., diz respeito ao estupro sofrido por uma jovem, maior de 18 anos (nome preservado), fato ocorrido por volta das 5 horas, após o término de uma festa pública acontecida na cidade, depois que a vítima aceitou uma carona oferecida por um conhecido.

Na companhia de sua genitora, a jovem foi apresentada à autoridade policial de plantão, que após o relato da vítima e da mãe, adotou as medidas cabíveis para o caso.

(As informações são de José Dilson/Euclidesdacunha.com)