As 5 histórias mais perturbadoras e trágicas envolvendo canibalismo

Como se constata, a maioria dos canibais da vida real são menos refinados que os fictícios como Hannibal Lecter. Uma série de incidentes recentes envolvendo canibalismo lançou um holofote sobre os aspectos chocantes dessa prática.

Casos como um homem sem-teto-roendo um rosto em Miami e uma estrela pornô que picou seu namorado no Canadá, o aumento dos casos do canibalismo provocou um turbilhão de perguntas: É uma tendência assustadora? É uma série de coincidências? Isso são sinais indicadores de um apocalipse zumbi?

Nós listamos a seguir, sete casos de canibalismo que tiveram destaque recentemente:

A estrela pornô que supostamente comeu seu namorado

31-2-319x500

A polícia na Alemanha prendeu Luka Magnotta, uma estrela pornô gay do Canadá acusado de matar seu namorado e comê-lo. Depois do crime, Magnotta supostamente enviou os pés e mãos desmembrados de seu amante para a sede dos principais partidos políticos do Canadá. Magnotta foi capturado em um cyber café em Berlim.

O homem que comeu o rosto de um sem-teto

Rudy Eugene, Ronald Poppo

Conhecido como o zumbi de Miami, Rudy Eugene (esquerda) horrorizou o mundo quando ele foi encontrado roendo o rosto de um homem sem-teto no lado de uma estrada de Miami. Eugene comeu quase todo o rosto de sua vítima. Ele foi encontrado nu e apenas respondeu à polícia com grunhidos antes que eles o matassem a tiros. Alguns relatórios insinuam que Eugene usou um coquetel de drogas sintéticas que faz com que os usuários adquiram esse comportamento estranho.

O estudante universitário que supostamente comeu o cérebro de seu companheiro de quarto

33-2

O estudante universitário Alex Kinyua admitiu ter matado seu companheiro de quarto e comido seu coração e partes de seu cérebro.

O “assexual” que cozinhou seus próprios órgãos genitais

34-2

Em uma possível alusão a Hannibal Lecter, Mao Sugiyama, que se descrevia como assexuado, serviu seus genitais cortados e cozidos para um grupo de cinco pessoas em um banquete no Japão. Ele serviu seus órgãos genitais, cobertos com cogumelos e salsa por US$ 250.

O professor sueco que supostamente comeu os lábios de sua esposa

35-2-600x360

Um professor na Suécia, não identificado pela imprensa local, foi acusado de ter cortado os lábios de sua esposa e comido eles, em um ataque de ciúmes motivado por suspeitas de que ela estava tendo um caso. Ele está sendo acusado de tentativa de homicídio e autoridades dizem que ele será submetido a uma avaliação psiquiátrica.