Avião “clandestino” que levava Marília Mendonça é interditado pela ANAC

Um avião que transportava a cantora sertaneja Marília Mendonça foi interditado ao pousar no Aeroporto de Jundiaí (SP), na manhã deste domingo (20), por apresentar irregularidades na documentação.

De acordo com a empresa Voa-SP, que administra o aeroporto, o jato de prefixo PRSTJ saiu de Fortaleza (CE) e chegou a Jundiaí por volta das 9h10. Assim que pousou, fiscais levaram o jatinho para o hangar, onde ficou retido.

Foto reprodução

Além de Marília e dos pilotos, quatro pessoas estavam na aeronave, todas da equipe da cantora. Fiscais da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foram ao pátio do aeroporto para liberar os passageiros, e os pilotos tiveram a habilitação suspensa.

A interdição da aeronave, que pertence a uma empresa particular, não atrapalhou o show da cantora com a dupla Maiara & Maraísa, realizado na tarde de domingo, no Parque da Uva.

Foto reprodução

Após a apresentação, Marília não voltou ao aeroporto. Tentamos entrar em contato com a assessoria da cantora e com a Anac, que ainda não responderam.

Segundo a Voa-SP, o avião só poderá decolar novamente após a documentação ser regularizada.

Foto reprodução

....

COMPARTILHAR