Baiana vira estrela do strip virtual e chega a faturar R$ 15 mil por mês

Apenas com uma webcam nas mãos, um mouse cheio de más intenções e várias ideias safadas na cabeça, a baiana Lili, 32 anos, se tornou uma espécie de atriz pornô que sequer mantém contato físico com seus parceiros. E o melhor: é bem paga por isso.

Através do programa de bate-papo MSN, Lili, conhecida no meio virtual como Lili Webgata, ficou famosa tirando a roupa por dinheiro.

Mas, em vez de se apresentar em casas noturnas ou boates, faz isso da sua própria residência, usando apenas o computador e uma boa conexão com a internet. Além, é claro, da câmera de 4 megapixels. Há quase quatro anos, Lili realiza fantasias sexuais de internautas. Assim, deu um upgrade na sua vida financeira.

Se estiver conectada de domingo a domingo, consegue faturar algo em torno de R$ 15 mil por mês. Tira R$ 500 numa só noite e chega a fazer dez shows em três horas. Antes, contava as apresentações que fazia. Parou na milésima.

Fetiche
Lili não é prostituta, mas uma espécie de garota de programa virtual, uma Bruna Surfistinha digital.

“Na webcam, estou protegida. Pra que vou fazer programa se eles pagam só pra me ver?”. O filão foi descoberto quando realizava fantasias de um ex-namorado.

“Comecei me exibindo na cam de forma amadora, incentivada pelo fetiche de meu parceiro. Me descobri uma exibicionista. Vi que podia ser rentável e criei o site”. Aí foi só dar um “delete” no namorado. Lili, então, se tornou um fenômeno da rede. Tem nada menos que 14 endereços diferentes de MSN e mais de 10 mil pessoas conectadas – sem duplo sentido – a ela.

Com um site completo, onde informa já ter recebido mais de 1 milhão de visitas, Lili explica tim-tim por tim-tim como o internauta deve fazer para gozar de suas performances. Com poucos clicks, é possível visualizar as quatro opções de shows. Os preços variam entre R$ 30 e R$ 75.

Isso em períodos bem curtos, que vão de 10 a 25 minutos. Se no show mais simples Lili dança, rebola, fica “peladinha” e “com as pernas abertinhas”, imagine no mais completo. Entre outras coisas impublicáveis, na sua atuação mais cara, Lili assume com desenvoltura uma personagem à escolha do internauta: tem colegial, presidiária, empregadinha, bombeira, policial e muito, muito mais.

Mas, não se engane. Enquanto dá, Lili também recebe prazer. “Se não fosse prazeroso pra mim, eu não faria”. Apesar da webgata protagonizar as sensuais cenas, quem costuma fazer o roteiro do filme é quem está pagando. “Tenho roteiros prontos, mas tudo muda se o cliente pedir”.

E pede mesmo. O contato é interativo. Durante o show, Lili e o cliente podem conversar normalmente. “Dá pra interagir bem gostoso”. Mas o anonimato é o segredo. Revelar o rosto e nome nem pensar. Lili também não revela sua cidade natal. Diz apenas que nasceu no Sul da Bahia.

Aos 30 anos, de família evangélica, segundo grau completo e 1,70m de altura, Lili vive na Região Metropolitana de Vitória, Espírito Santo, pra onde se mudou há “alguns anos”.

Fantasia 
Seu horário de trabalho vai das 23h às 2h. A mulher que ficou conhecida por realizar fantasias virtuais adora fazer o mesmo na vida real. Mas aí é de graça. “Como sei que você está louco pra saber, vou te falar que já realizei muitas fantasias para os meus parceiros e já tive muitas fantasias minhas realizadas também, tá?”. Voyer assumida, adepta de clubes de swingers, Lili nega já ter feito programas na vida real. “Não me sentiria bem”.

Fissurada em academia, a striper virtual tenta manter o corpo em forma, pensando no futuro que a vida real lhe reserva. “Tenho a consciência que não vou fazer shows para sempre, então me cuido muito”. Aliás, com o dinheiro que acumulou, virou microempresária. Abriu uma loja de roupas. “Pretendo levar essa vida dupla por um tempo. Empresária de dia e stripper de noite”. Assim, recentemente, ela parou por uns dias e curtiu merecidas férias.

Violão
Lili é provocante. E sabe disso. “Sou, digamos, um sonho de consumo”, define-se. Morena estonteante, corpo violão, sem excessos, no seu perfil divulga medidas atraentes para qualquer um que sabe apreciar uma mulher. Seios: 92 cm. Cinturinha: 68 cm. Bunda: 104 cm. O site  ainda tem descrições do tipo: “Cabelos pretos, bem longos, seios empinados, durinhos e turbinados. Bumbum redondinho e empinadinho”. Pior que, pelas imagens, Lili é tudo isso mesmo.

Strip virtual pode ser dividido em até 18 vezes no cartão
Lili Webgata aceita todos os cartões de crédito e divide o valor em até 18 vezes. Para comprar os shows, basta acessar seu site e buscar a opção “shows na webcam” e clicar em “comprar”. “Tudo é feito pelo sistema Pague Seguro”, explica Lili. O passo seguinte é adicionar Lili no MSN e ela estará disponível para a performance.

A webgata em sua casa
Site http://liliwebgata.com/novosite/

E-mail
contato@liliwebgata.com

MSN
liliwebgata6@liliwebgata.com

Preços
Os shows variam entre R$ 30 e R$ 75 com duração que vai de 10  a 25 minutos


COMPARTILHAR