Baiano rouba celulares, esquece RG no local do crime e acaba preso

Uma fotocópia do RG, perdida no local onde havia cometido um crime, contribuiu para que os investigadores da 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho), chegassem até o assaltante Carlos Fábio Nédia Freitas Melo, de 40 anos, que foi preso.

14961687757DTCarlosFbio30052017

No dia 22 de maio, por volta de 1 hora, ele e o comparsa Gilvan Souza de Jesus, conhecido como Quinha ou Pioneer, roubaram os celulares de três vítimas, que se preparavam para entrar num carro, na Rua Almirante Barroso. Os dois portavam simulacros de armas.

14961687757DTCarlos2Fbio30052017O documento, segundo os policiais apuraram, caiu quando os bandidos empreenderam fuga, e foi entregue pelas vítimas que foram à unidade policial registrar queixa. A partir daí o trabalho de investigação foi rápido, com os policiais localizando Carlos Fábio, no Engenho Velho de Brotas, onde reside.

 

Em depoimento ao delegado Antônio Fernando do Carmo, titular da DT/Rio Vermelho, o assaltante disse que era viciado e com os celulares, ele e Pionner, compraram pedras de crack. Autuado por roubo qualificado, Fábio, assim como, Pionner, que é procurado, terão os mandados de prisão preventiva solicitados à Justiça.