A Baleia Azul: Jogo perigoso que leva jovens ao suicídio está ligado a várias mortes no Brasil

Um jogo viral originado da Rússia tem se espalhado por todo mundo e causado medo em pais. A Baleia Azul é disputada pelas redes sociais, com propostas de desafios macabros entre adolescentes, incluindo automutilação e, no final, o suicídio.

No Brasil, chamou atenção esta semana o suicídio de uma jovem de 16 anos, no Mato Grosso, que teria ligação com o jogo. Em Minas Gerais, a morte de um rapaz de 19 anos também foi ligada ao jogo. Na Rússia, em 2015, um adolescente pulou do alto de um edifício. Dias depois, uma adolescente se jogou diante de um trem. As mortes acabaram ligadas a um grupo que participava de um desafio de 50 missões, que se encerrava com o suicídio.
jogo baleia

Com os desafios se espalhando pelas redes sociais, escolas de alguns países têm aproveitado para alertar os pais para que fiquem atentos a sinais de mutilação nos adolescentes, como cortes nos braços e queimaduras, entre outros.

O jogo tem um moderador que é responsável por distribuir desafios, por grupos secretos no Facebook. As provas são mórbidas e vão aumentando de intensidade até chegar à morte.

Os desafios incluem escrever frases com lâminas nas mãos e braços, assistir filmes de terror na madrugada, mutilar partes do corpo, ficar doente, subir no alto de um telhado ou prédio, receber e aceitar uma data para sua morte.

Gabriel Antônio dos Santos Cabrel, 19 anos, se matou tomando overdose de medicamento em Pará de Minas. Ele deixa esposa e uma filha de apenas 40 dias. Segundo a família, ele fazia parte de um grupo secreto no Facebook, que agora está sendo investigado, e isso teve relação com sua morte.

A mãe, Maria de Fátima Santos, 37, afirmou que o filho estava tentando deixar o grupo, mas sofria grande pressão e estava agindo de forma estranha, segundo o Estado de Minas. O corpo dele foi achado na cama do casal pela mulher, quando ela voltou de uma noite na casa da mãe.

O celular de Gabriel será periciado pela Polícia Civil. O grupo que ele fazia parte tem participantes de todos estados, com idades de 10 a 20 anos. O corpo do rapaz foi sepultado na manhã desta quinta, em meio a muita emoção.