Banda non grata: mais um show da New Hit é cancelado depois de protestos

    IMAGEM NOTICIA 510Depois das acusações de estupro em agosto de 2012, a New Hit se transformou em uma das bandas mais “non gratas” do Brasil. Mais um protesto contra o grupo impediu os pagodeiros de se apresentarem em Aracaju, Sergipe. Através do Facebook, internautas da cidade se mobilizaram para questionar o show da banda, que aconteceria na casa de eventos SUBURB!A. Além de comentários na página do estabelecimento em protesto ao evento, os internautas criaram um espaço denominado ‘Fora New Hit! Aracaju não apoia estupradores!’, posicionando-se contra a presença do grupo na cidade. A banda iria se apresentar em ensaios na casa de entretenimento a partir do dia 24 de janeiro. No entanto, depois dos protestos, a direção da SUBURB!A informou, na própria página do estabelecimento na rede social, o cancelamento das apresentações. A empresa afirma que não sabia qual banda faria os ensaios, já que a casa foi alugada por um produtor local que não havia repassado a programação das atrações. “A SUBURB!A jamais compactuaria e nem apoiaria nada que ferisse a honra, imagem e bem-estar de qualquer ser humano. Somos sensíveis ao ocorrido e com as vítimas. Pedimos desculpas, por ter chegado a tal ponto”, diz o posicionamento da direção. As apresentações que banda faria em Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas, durante o Carnaval, também foram canceladas depois de protestos organizados por integrantes do movimento “Sertão Feminista”. Os nove integrantes da banda e o soldado da PM Carlos Frederico Santos de Aragão foram denunciados pelo Ministério Público por estupro qualificado com características de crime hediondo.  O crime foi cometido contra duas jovens fãs adolescentes, depois de um show da banda na cidade de Ruy Barbosa, no centro-norte baiano. (Bahia Notícias)