Bandidos usam mulher como isca para matar caminhoneiro

3t5pfd1m8u_1dw90e0ngv_fileTrês criminosos foram presas acusados de envolvimento na morte de um caminhoneiro em um posto de gasolina na BA-093, em Camaçari, na RMS (região metropolitana de Salvador). Jorge Souza Dias da Silva, 18 anos, José dos Santos Souza, 43, e Elizabeth Santos, 29, foram detidos e encaminhados para a delegacia.

De acordo com a polícia, Elizabeth foi usada como isca para atrair Damir Correia de Oliveira, de 45 anos. A mulher trabalha como garota de programa no local. Em entrevista a Record Bahia, a mulher negou que tenha atraído o homem e disse que apenas bebeu com ele.

— Eu estava com ele bebendo, bebi cerveja com ele, depois que ele foi para o caminhão não vi o que aconteceu. Ninguém pediu para seduzir ele, eu que chamei para tomar cerveja, só isso.

15douqwfce_5vre9q8mma_fileJosé trabalhava como vigilante no local. Inicialmente, ele negou envolvimento no crime e culpou Jorge pelo latrocínio, roubo seguido de morte.

Jorge afirmou que deu dois chutes na vítima, mas disse que quem atingiu o caminhoneiro com a paulada foi José.

A delegada afirmou que, inicialmente, o trio negou envolvimento no latrocínio, mas depois acabou confessando. De acordo com a polícia, diligências foram realizadas nas casas dos acusados e pertences da vítima foram encontrados nos locais.

Damir Correia de Oliveira era natural do Espírito Santo, e estava na Bahia para realizar o transporte de mercadorias. O veículo foi remexido pelos criminosos e vítima foi deixada no fundo do caminhão. (Com informações e fotos do R7)