Bola de Ouro tem trio corinthiano na briga, mas comete injustiça com Cássio

e_selecao-em_grande_fase_cassio_foi_um_dos_eaO Corinthians está muito perto de terminar o ano com um de seus jogadores ganhando o Bola de Ouro, prêmio que escolhe o melhor jogador do Campeonato Brasileiro. O Timão tem três jogadores na briga: Renato Augusto, Jadson e Elias.

A briga está cada vez mais fácil para os corinthianos. Após a vitória em cima do Atlético-MG, Renato e Jadson abriram uma boa diferença para os demais jogadores que disputam o prêmio.

Renato tem 6,59, enquanto Jadson chegou aos 6,42. Na terceira colocação, Luan, do Grêmio, tem apenas 6,36, acompanhado de Lucas Lima, do Santos, com 6,35. Elias, também do Corinthians, fecha o quinteto, com 6,28 de média.

Além do Bola de Ouro, os corinthianos também briga pela seleção Bola de Prata. A premiação escolhe um jogador de cada posição e monta o time com os melhores do Brasileirão.

Elias é o líder disparado na categoria volante, com Rafael Carioca, do Atlético-MG, na segunda posição, com média 6,15. Renato Augusto e Jadson brigam pela categoria meia; e o zagueiro Gil está na ponta empatado com Geromel, do Grêmio, com média 6,13.

Apesar de todos esses nomes brigando pela disputa, o prêmio, concedido pela revista Placar e pelos canais ESPN, comete uma injustiça com o goleiro Cássio. O menos vazado do Brasileirão, com a melhor defesa, sequer aparece entre os cinco goleiros que brigam pela premiação. O líder é Marcelo Lomba, da Ponte Preta, seguido de Victor, do Atlético-MG e de Alisson, do Internacional.

boladeouro2222_mw

Com informações do Meu Timão/Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians