Bolsonaro alerta: “O Brasil é um avião que vai bater na montanha em 10 dias”

Em entrevista para o jornal O Estado de S.Paulo, o pré-candidato à Presidência do PSL, Jair Bolsonaro, voltou a defender os cortes de gastos pelo governo e novamente reforçou que não irá privatizar a Petrobras caso seja eleito.

“Alguns falam em [privatização] de partes, como a distribuição. Mas eu entendo que a energia no Brasil é uma questão estratégica”, afirmou o deputado carioca. Perguntado sobre seus planos econômicos, Bolsonaro fez uma analogia entre o Brasil e uma aeronave sem controle: “O Brasil é um avião que vai bater na montanha em dez dias. Com as medidas, pode bater em oito, mas pode passar por cima da montanha. Vamos tirar o peso da aeronave e permitir que ela suba. Não é tirar direitos, como diz a esquerdalha”, disse.

Foto reprodução

Diferente do dito no começo de junho, quando estava para lançar uma “carta de princípios”, Bolsonaro afirmou que não irá fazer uma carta ao povo brasileiro, como fez o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva: “acho que minha palavra e minha vida pregressa valem muito mais que uma carta”, finalizou Bolsonaro. (Via InfoMoney)

....

COMPARTILHAR