Bolsonaro é hostilizado por passageiros em voo comercial

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi hostilizado dentro de um avião comercial, no Espírito Santo, nesta sexta-feira (11/6). Ao tentar embarcar na aeronave, os outros passsageiros começaram a gritar “fora, Bolsonaro” e “genocida”, em alusão às mortes pela Covid-19. O presidente visitou o estado para participar de um evento de entrega de moradias para mais de 400 famílias.

E3nAS6UXIAAqZV0
Foto reprodução

Nos vídeos, disponibilizados na internet, é possível ver que os passageiros reprovam a ideia de viajar com o presidente. A cinegrafista do vídeo chega a mostrar o dedo do meio para ele, durante a gravação. Bolsonaro aparece de máscara, vestindo uma blusa azul, a mesma que ele aparece no evento, e diversas pessoas vão ao seu encontro, mas não fica claro se são defensores ou críticos.

A chegada ao estado do Espiríto Santo também foi conturbada. Na porta do aeroporto, apoiadores disputavam o espaço com pessoas contra seu governo, que gritavam as mesmas frases do avião. Segundo o UOL, um grupo de bolsonaristas sem máscaras, que o aguardavam, agrediram com palavras de baixo calão uma jovem que carregava uma placa em referência aos quase 500 mil mortos por complicações da Covid-19.

Em seu perfil no Twitter, o presidente também publicou um vídeo sobre sua passagem no RS, no entanto, retirou o som. (Aratu ON)