Bolsonaro “solta o verbo” e fala o que pensa sobre as pesquisas eleitorais

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar as pesquisas eleitorais que mostram um quadro favorável ao ex-presidente Lula (PT). Segundo defendeu em entrevista aos veículos do grupo O Liberal nesta segunda-feira 11, caso os números se confirmem no pleito de outubro, a eleição terá sido fraudada.

bolsonaro 0708 1160x560 1
Foto reprodução

“Ninguém acredita em pesquisa, a não ser que ela esteja casada com possível fraude lá na frente. A gente espera que não haja fraude e trabalha pra que ela não aconteça”, destacou Bolsonaro ao ser questionado sobre o tema.

Um pouco antes, nova rodada da pesquisa do instituto Ipespe, realizada com eleitores de São Paulo, mostrou que o ex-capitão teria 30% das intenções de voto, contra 34% do petista. O resultado marcou um crescimento de 4 pontos percentuais de Bolsonaro na região.

No mais recente levantamento nacional divulgado, Lula lidera com 45% das intenções de voto contra 31% de Bolsonaro. A marca foi registrada pela consultoria Quaest na última quinta-feira 7. Assim como no levantamento regional, o ex-capitão saltou 5 pontos percentuais. A alta é puxada pela saída do ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) da disputa pelo Planalto.

“Tudo demonstra que [no segundo turno] vai ser eu e o Lula”, avaliou Bolsonaro na entrevista em meio aos comentários sobre a composição de chapa entre o petista e Geraldo Alckmin (PSB).