Cadelas são violentadas no interior da Bahia, denuncia protetora

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.29alYW_kCeCadelas de Vitória da Conquista, sudoeste baiano, têm sido alvo de maus-tratos e estupro de acordo com denúncia de uma protetora de animais.

Débora Almeida Lima atualmente abriga duas cachorras que estão em recuperação em razão do abuso sexual. A protetora disse ao Blog do Anderson que vários moradores da cidade já denunciam outros casos e tentam descobrir quem é o principal agressor. Os dois cães sob observação médica apresentam ferimentos em seus órgãos genitais.

O Código Civil Brasileiro considera crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, e prevê punição.

“Se chegar hoje e disser na delegacia que você quer abrir uma queixa para uma cadela foi estuprada eles vão rir de sua cara”, reclamou Débora. (Blog do Anderson)